Foi o que deu, quando misturei meus enfeites e feitiços.
Coisas de Isa,
que quer deixar a vida mais bela!



Quem é que ainda não associou dieta à uma coisa ruim ?? Para a maioria das pessoas dieta é sinônimo de privação, fome, controle e obviamente mau humor.

E dá para negar que isso é verdade ?? Dá sim ! Se você fizer uma dieta consciente, equilibrada, com metas plausíveis, que respeitem o seu paladar, e o seu organismo, você não precisa sofrer.

Claro que vai exigir disciplina e comprometimento. Se você quer reduzir o seu peso, vai ter que adotar uma alimentação saudável, de baixa caloria, com porções reduzidas e freqüentes. Se isso te contraria, acostume-se. Arrume um outro jeito de resolver seu problema, que não seja comendo um chocolate ou sundae de caramelo.

Sei muito bem do que estou falando, por quase quarenta anos eu usei os doces como recompensa para a contrariedade, e sempre que passava por uma situação estressante, frustrante ou triste eu já recorria ao chocolate, sorvete ou leite condensado para ficar mais "felizinha".

E o nosso corpo aprende. Como a endorfina chega rápido e fácil, o cérebro aprende a "pedir" esse tipo de alimento sempre que lidamos com alguma dificuldade. E aí, quando estamos de dieta e recusamos o pedido(na verdade é uma ordem) dele, vem o mau humor. E quem está perto de nós que nos agüente...

Estou de dieta há 17 meses e há três dias tive uma manhã muito confusa, os horários foram atropelados e eu me vi numa correria danada para conferir dever de casa, dar banho, almoço e não chegar atrasada na escola do meu filho. Lógico que estressei geral, e abrindo a geladeira pensei: o que tem para eu comer ?? Suco,mel, barrinha, banana ?? Até que as opções não eram de todo ruins, mas por sorte reconheci que era o meu cérebro imperativo falando:" - dá um docinho pra eu comer porque eu me aborreci !"

Então eu não dei, porque não era fome. Eu não queria compensar meu desequilíbrio comendo alguma coisa, só pelo fato de mastigar.

Mas fiquei com um mau humor, uma irritação que deu até medo. Saí logo de casa, deixei o filhote (ileso) na escola e quando voltei já tinha passado o ataque de contrariedade. Fiz um almoço leve e saudável e fiquei me sentindo o máximo por mostrar ao meu cérebro que "nesse barraco aqui, quem manda sou eu !! "

Moral da estória: raiva, mau-humor, são coisas que dão e passam. Não se entregue por um momento de descontrole. Vontade a gente vai sentir sempre, mas o que importa é se vamos ceder à vontade. Mas, por via das dúvidas, e porque estou na TPM, fiz um pacote de gelatina diet para deixar de prontidão na geladeira.;D



13 comentários:

Clau Finotti disse...

É... tem horas que é cruel lidar com a vontade do docinho. No meu caso pega mais o desejo por chocolate. E nem adianta eu deixar aqui prá comer só um pedacinho do amargo pq não rola mesmo! Vou detonar a barra toda na primeira crise, igual vampiro com sangue...rs...

Ameixa seca me salva. Sei q não é tão light, mas melhor que um brigadeirão isso é!

Bjocas.

Clau

Tayrine Castro disse...

Boa ideia a gelatina, sou assim como você não posso ficar sem fazer nada ou nervosa que me acabo no chocolate, pode ser até em pó sendo chocolate.
Boa semana e muito obrigado pela compreenção.

Lola disse...

Fez certinho! Já que não dá pra escapar da vontade de adoçar a vida com docinho na boca, melhor que esse seja de gelatina, que tem proteína, água e colágeno!

Bjs

Kelly disse...

Tenho que aprender a ter paciência e esperar passar, ultimamente meu mau humor não vai embora....e eu descontando em palitinhos de pepino rsrsrsrs

beijos

Isabela Figueiredo disse...

Meninas,
Nem me falem... chocolate, muito chocolate, que sonho...
Eu tento evitar ao máximo, porque tenho muito problema em comê-lo com moderação.
Por isso quando estou subindo pelas paredes eu tento relevar com gelatina diet, mas não pensem que não tenho meus momentos irracionais e que não "enfio o pé na jaca". Depois da culpa, sacudo a poeira, dou a volta por cima e volto para gelatina ! rsrsrsrsr

Camille Nascimento disse...

Ei!!! Te conheci no blog da Fernanda, vi o presentinho que você mandou pra ela e posso dizer: É umas das coisas mais belas que já vi este ano! Perfeito e dá pra ver o tamanho do amor naqueles quadrinhos...

Parabéns, seu trabalho é lindo.

Bj!!!

http://mundodacamille.blogspot.com

Neli Rodrigues disse...

Eu sou uma formiga e p/ mim abrir mão do doce é um tormento, mas vc tem razão de não dar vazão a essa vontade de comer doce p/ compensar algo ruim. Vc venceu!
Bjs♥

Fernanda Reali disse...

Isabela, faz este flan de de vez em quano:

http://www.paodeacucar.com.br/detalhe.asp?categoria=catdietlight&subcategoria=catdietlightmerceariadoce&idproduto=6860523

Nao tem gosto de adoçante, tem gosto de chocolate mas não é superdoce. Adorei e faço uma vez por semana.

beijoooo

Vivia disse...

Realmente é difícil demais lidar com as situações stressantes, mas elas vez por outra aparecem e devemos sim aprender a lidar com elas. Como você fez. Parabéns!

No livro Pense Magro o autor fala que quando queremos emagrecer, temos que fortalecer o músculo da resistência e não o da desistência. Cada vez que dizermos não a um vacilo, estamos fortalecendo o nosso músculo da resistência e é ele que nos fará chegar onde queremos!!

Mais uma vez parabéns...

Um grande abraço!

Adelaide disse...

Olá! Chegando através da Dieta Coletiva. Adorei esse post, realmente eu sofro de "boca nervosa" se fico preocupada não sinto fome pois tenho que mastigar o dia inteiro...rsrs.
O jeito é driblar a ansiedade
Abraços

Eliene Vila Nova disse...

olá
mulher lidar com a falta de doces pra mim é fácil difícil mesmo digo que impossível é ficar sem pão,rsrs
eu não sou fã de doces,massalgadinho eu adoro.
queria poder ter uma rotina para participar dessa dieta coletiva
preciso muito emagrecer
força linda
beijos

Fernanda Fernandes disse...

olá adorei estar pr aqui,seu blog e lindos e seus mosaicos tbém..amei!

bjs..
fernanda

chris disse...

estou te seguindo...